A MORTE NÃO PODE SUSPENDER A VIDA

Independentemente de qualquer coisa, o Carnaval acontece nos dias previstos. Vale-se da máscara, da fantasia e da folia para afastar a tristeza e abrir com a alegria a porta da esperança. Por outro lado, ensina que a morte não pode suspender a vida, ora se valendo da caveira para fazer sua alegoria, ora incitando o folião a usar uma mortalha para zombar da morte.

Sendo a grande festa da inclusão, o Carnaval tanto abre alas para os vivos quanto para os mortos.

nadinha

Astro do cinema e do teatro francês, Jean-Paul Belmondo não deixou de atuar na peça que estava fazendo no dia em que sua filha morreu. Assisti à peça e, ao voltar para casa, fiquei sabendo do ocorrido. Belmondo não privilegiou a morte por ser um grande ator e saber que o espetáculo não pode parar.

Jean-Paul Belmondo, foto de capa, (detalhe), da biografia do ator por Bertrand Tessier, Flammarion, 2009.


Facebook
Facebook
Youtube
Youtube
Google +
Google +
http://www.abcdavida.com.br/posts/morte-e-vida/
Comentários sobre "A MORTE NÃO PODE SUSPENDER A VIDA"

Enviar uma resposta