O POETA E O AMIGO SÃO IRMÃOS

Descobri a irmandade entre o amigo e o poeta ao escrever O clarão. Os dois são filhos de uma mesma mãe: Delicadeza. Tanto um quanto outro se exercitam de formas diferentes na contenção.

Basicamente, o amigo quer contentar o amigo, ele sabe escutar e dizer o que o outro precisa ouvir. O poeta leva em conta o seu leitor ou o seu ouvinte. Mesmo quando expressa sentimentos violentos, ele o faz seguindo ou reinventando a convenção literária, contidamente. Daí a importância do ensino da poesia.

nadinha

Ver exposições se tornou hoje um imperativo. Um número cada vez maior de gente vai aos museus, e as filas de entrada são quilométricas. Isso, no entanto, não significa que o interesse pelas obras de arte aumentou. Para tanto, a educação teria que estar na mão de gente ciente do valor formativo da arte.

Ron Mueck “Menino”, escultura do hiperrealista australiano, datada de 1999,em exposição de 2013 em Paris.

Comentários sobre "O POETA E O AMIGO SÃO IRMÃOS"

Enviar uma resposta